Cerveja de Trigo: saiba tudo sobre ela!

107
0
Share:
cerveja de trigo

Hoje é dia da Cerveja de Trigo e para comemorar essa data tão especial, nada melhor do que explorar e descobrir ainda mais sobre esse estilo muito amado pelos apreciadores de cerveja!

Como Surgiu a Cerveja de Trigo?

A Cerveja de Trigo foi uma das primeiras cervejas criadas…E por acidente!

Tudo começou quando o homem pré-histórico deixou de ser nômade desenvolvendo as primeiras técnicas de agricultura como o cultivo de grãos, e naquela época o cereal mais cultivado era o trigo.

Eles armazenavam os grãos em vasos para fazer a colheita e, um dia, um grupo de agricultores esqueceu alguns dos vasos do lado de fora da estrutura que eles moravam.

Uma chuva eventual fez com que os grãos  de trigo dentro desses vasos ficassem molhados, causando a germinação, logo em seguida os vasos esquecidos foram secados pelo sol e, posteriormente,  molhados de novo.

Essa “mistura” junto com microrganismos presentes no ambiente deram início ao processo de fermentação, fazendo com que a bebida ficasse alcoólica, surgindo então a cerveja feita de trigo! (veja mais sobre como surgiu a cerveja nesse post)

O Sabor da Cerveja de Trigo naquela época:

Nessa época o sabor de uma cerveja de trigo era bem ácido e com aroma rústico, pois era fermentado com microrganismos presentes no ambiente. Para disfarçar o sabor eles acrescentavam muitas frutas e especiarias como alecrim, casca de laranja, coentro etc…

Qual a diferença entre uma Cerveja de Trigo das demais?

Basicamente a diferença é apenas o tipo de malte em sua produção, ou seja, o tipo de cereal escolhido e sua porcentagem usada para fazer a receita.

De acordo com a legislação brasileira uma Cerveja de Trigo precisa ter uma porcentagem de malte de cevada entre 20% a 49,99% + malte de trigo.

As “demais” cervejas como por exemplo a cerveja “puro malte” são feitas com 100% de malte de cevada, e as que não são puro malte possuem uma proporção de malte de cevada maior ou igual a 50%.

 

Ou seja, Cerveja de Trigo não é puro malte?

De acordo com a legislação Brasileira, cerveja de trigo não é puro malte, pois como disse acima há uma mistura de malte de cevada com trigo. E se fizermos uma cerveja de trigo com 100% de malte de trigo ela não poderá ser chamada de “cerveja”, pois não teria a cevada na receita.

O que a Cerveja de Trigo tem de tão especial?

Quem aprecia uma boa Cerveja de Trigo, sabe exatamente o que pode encontrar no copo:

São Refrescantes:
Elas têm boa carbonatação, ou seja, são muito refrescantes

Têm Ótima Drinkability:
Costumam ter baixo amargor e são fáceis de beber, uma ótima pedida para muitas ocasiões

Proporcionam Experiência Única:
Têm aromas e sabores diferenciados que trazem uma experiência única!

O Poder da Cerveja de Trigo nas Harmonizações:

Cerveja de Trigo costuma ser coringa nas harmonizações, ou seja, vai muito bem com diversos tipos de pratos e SEMPRE vai trazer um resultado diferente em cada combinação, a Weiss (German Heffeweizen), é sempre uma ótima opção, veja abaixo alguns exemplos com esse estilo:

Pratos Mexicanos:

Com pratos mexicanos, por exemplo, uma Weiss entra com o poder da limpeza do paladar devido a sua carbonatação. Ela absorve a gordura do queijo e do abacate, atravessa o amido do feijão, e equilibra os temperos fortes por causa da sua boa base maltada!

Pratos Tailandeses:

Um prato tailandês apresenta um equilíbrio entre o doce, ácido, salgado e picante. O malte e a “adstringência” de uma Weiss combinam  com os sabores doces e ácidos, ao mesmo tempo que absorve o sal e suaviza a ardência.

Pratos Indianos:

Vários temperos são utilizados nos pratos indianos, os sabores de cravo e banana de uma Weiss, por exemplo, geralmente são encontrados nesses pratos. A acidez da Cerveja de Trigo combina muito bem com molhos à base de yogurte, muito popular nesse tipo de culinária. Já ouviu falar do Tikka Masala? É Um prato indiano feito com carne de frango muito bem temperado. A Weiss tem acidez suficiente para lidar com o tomate do prato e, a carbonatação vai quebrar toda a gordura dele.

Pratos Chineses:

Ela harmoniza perfeitamente com os sabores de cogumelos defumados encontrados nessa cozinha. A carbonatação vai quebrar os molhos à base de amido permitindo que você realmente aprecie a comida, enquanto a doçura do malte vai se fundir com o prato.

 

Os Estilos de Cerveja de Trigo:

Cervejas de Trigo são muito refrescantes, possuem baixo amargor e alta carbonatação. Dependendo do estilo pode apresentar aroma de banana, cravo, noz moscada (provenientes da levedura), chocolate, malte torrado (provenientes do malte) e também pode ter adição de outras especiarias como coentro e raspas de laranja. As Cervejas de Trigo se dividem em: German Heffeweizen, German Weizenbock, German Dunkelweizen, German Kristallweizen, Honey Wheat Ale, Witbier e American Wheat Beer.

 

A Diferença dos estilos Cervejas de Trigo:

A maioria das Cervejas de Trigo são de alta fermentação, ou seja, pertencem a família Ale (entenda os Tipos de Fermentação aqui)  Há algumas exceções como o estilo Wheat Lager. Veja abaixo os diferentes estilos de Cerveja de Trigo que você pode encontrar:

German Heffeweizen: uma das Cervejas de Trigo mais famosas é a WEISS, ou seja, a German Heffeweizen. São feitas de trigo, têm baixo amargor e são muito refrescantes! Não são filtradas e costumam ser claras de corpo médio a alto e aroma principal de banana, cravo ou noz moscada.

German Weizenbock: São mais fortes e mais ricas que uma Weissbier e elaborada com a intensidade de uma Bock. Muito complexa, com leve amargor, espuma cremosa, são feitas de trigo, maltadas, frutadas com notas de pão tostados (as versões mais claras) e uma riqueza maltada (nas versões mais escuras). A levedura contribui para os aromas fenólicos típicos de uma Weizen (banana e cravo), nas versões escuras os aromas são de ameixas, frutas passas e chocolate.

German Dunkelweizen: Têm baixo amargor e são muito refrescantes! Não são filtradas e costumam ser escuras de corpo médio a alto e aroma principal de banana, cravo, com notas de malte torrado e chocolate.

German Kristallweizen: têm baixo amargor e são muito refrescantes! São filtradas (por isso o nome Kristall) e translúcidas! Costumam ter aroma de banana e cravo, provenientes da levedura.

Honey Wheat Ale: Costumam ser claras, opacas e têm mel em sua receita além do trigo. Têm aroma de mel, baixo amargor e o sabor é bem equilibrado!

Witbier: São bem claras, normalmente fabricadas com uma porcentagem de trigo não-maltado e condimentadas com cascas de laranja e coentro que devem ser percebidos no aroma. São turvas, de corpo baixo a médio e amargor baixo.

American Wheat Beer:  são de trigo mas costumam apresentar mais a presença de lúpulo e menos características de levedura. Podem ter notas de pão, grãos, malte e lúpulo. No paladar permanece o dulçor maltado mas final seco com baixo amargor e uma boa drinkability.

Wheat Lager: Cervejas do estilo Wheat Lager são de Trigo, baixa fermentação e mais leves que cervejas de trigo de alta fermentação. Um dos únicos estilos de Trigo de baixa fermentação, o que é muito raro.

Berliner Weisse: Feita com Trigo, é de fermentação Híbrida, ou seja, fermenta com levedura Ale e bactéricas lácticas, cervejas do estilo Berliner Weisse costumam ter coloração amarelo claro, ser super refrescantes, carbonatadas e com elevada acidez. É uma cerveja levinha de corpo, com baixo amargor e com evidentes notas frutadas.

O Copo Ideal para degustar uma Cerveja de Trigo:

Há 3 tipos de copos muito utilizados para apreciar uma Cerveja de Trigo, são eles:

Copo Weizen:

O copo Weizen é feito especialmente para cervejas de Trigo. A boca larga se justifica devido a grande intensidade aromática que esse estilo costuma ter e a altura garante que todo o conteúdo do copo seja servido de uma só vez, assim a levedura se mistura com a cerveja. Um dos mais famosos copos Weizen é o da marca Franziskaner.

 

Copo Tumbler:

Muito popular nas cervejas de Trigo do estilo Witbier, sendo o mais popular o Tumbler da Hoegaarden, ele tem a base plana e a boca maior ou igual ao diâmetro da base. Sua robustez reflete a personalidade de cervejas rústicas e a grossura da parede conserva a temperatura da cerveja.

 

Caneca:

A Caneca é o copo de cerveja mais antigo. São pesadas, com alça e podem ser encontradas em diversas capacidades de armazenamento. Permitem boa visibilidade da transparência e efervescência da cerveja. A Caneca é muito utilizada em comemorações da Oktoberfest com cervejas do estilo Oktoberfest, Märzen,  Pilsen, Munich Helles, e Cervejas de Trigo.

 

Para explorar esse mundo cervejeiro,  entre aqui na nossa página de Cervejas de Trigo, lá você encontra dicas e informações detalhadas sobre cada cerveja!

Feliz dia do Trigo!

Cheers!

 

Share:

Leave a reply